O que significa Inside Sales? Ao traduzir para o português, o termo quer dizer “vendas internas”. Isto é, vendas efetuadas sem contato presencial. Um processo cada dia mais utilizado pelas empresas brasileiras, a fim de melhorar o faturamento. Entenda melhor o assunto, a seguir.

O modelo de Inside Sales tem como objetivo evitar a necessidade de gastos com deslocamento e tempo. Além disso, impacta no aumento da produtividade dos colaboradores e na maximização do capital da empresa. As vendas internas melhoram o contato entre vendedor e consumidor através da tecnologia.

As vantagens do Inside Sales são diversas, tanto que o processo tornou-se uma tendência. Se você também pretende incorporar esse processo em seu negócio, veja como funciona os passos básicos de implementação.

Como implementar a modalidade de Inside Sales?

1 – Equipe treinada

Primeiro, apresente o conceito de Inside Sales aos vendedores. Depois disso, faça um cronograma para ser utilizado pela equipe, contendo os procedimentos que serão adotados. Em seguida, o ideal é realizar treinamentos com simulações de atendimento. Assim, você pode avaliar como os colaboradores correspondem aos testes.

2 – Conteúdo é rei

Para vender internamente, os funcionários precisam estar munidos de materiais bem elaborados, contendo técnicas de marketing de conteúdo.

Em termos práticos, seu negócio deve produzir apresentações e e-books variados para enviar aos clientes. Ou seja, a meta é fazer com que os consumidores entendem por completo as vantagens dos seus serviços ou produtos. E nada melhor do que um material bem produzido para enviar ao lead de imediato. Sim?

3 – Estrutura empresarial

Para que vocês possam realizar as vendas internas, tenha em mente que uma estrutura adequada será necessária. Sendo assim, uma internet ágil é indispensável e os computadores devem apresentar ótima qualidade. Aaah, outro detalhe importante: verifique se as linhas telefônicas estão funcionando sem ruídos. Ninguém quer fazer uma ligação com falhas na comunicação, não é?

4 – Transição em 3,2,1…

Planeje a implementação do modelo Inside Sales de maneira gradual. Não queira realizar as modificações sem um tempo de adaptação. Por exemplo: mantenha as reuniões pessoais com aqueles consumidores mais tradicionalistas, até que possam acostumar com o novo modelo de trabalho da sua empresa.

Conheça as boas práticas de Inside Sales

Além dos quatro passos mais voltados a implementação interna, pense também de maneira geral no processo de Inside Sales. Sendo assim, faça pesquisas detalhadas sobre os leads antes de entrar em contato. Lembrando que, ao realizar a prospecção dos potenciais clientes, é interessante que compreendam as características do seu produto e como a solução pode ajudá-los.

Além do mais, se a empresa incorporar o sistema de CRM, no qual é possível criar e gerenciar o funil de vendas, o time consegue dar mais atenção aos leads já qualificados.

Por meio do CRM, tanto a equipe de Inside Sales quanto de Marketing conseguem distribuir os conteúdos aos potenciais clientes, conforme a jornada do funil. Legal, né?

Em resumo: realize uma profunda pesquisa; qualifique os leads; elabore conteúdo relevante de acordo com o funil; e priorize os potenciais clientes conforme a fase da jornada de compra.

E aí, acredita que esse modelo de vendas pode ajudar seu negócio a chegar mais longe?

Ficou com alguma dúvida? Então, envie-nos uma mensagem nos comentários ou em nossas redes sociais.