O fluxo de cadência em vendas é um plano organizacional que auxilia a equipe na determinação da rotina de contato com os leads e prospects.

Sendo assim, nessa definição estão incluídos: os canais de comunicação, as tentativas de abordar o potencial cliente (follow up) e a pausa entre os contatos. Aliás, algumas companhias também adicionam as melhores formas de abordagem.

Conhecendo o Fluxo de Cadência em Vendas

Ao manter esse planejamento automatizado de tentativas de contato é possível melhorar a conversão com agilidade. Isso ocorre tanto pela padronização do trabalho, quanto pelo embasamento na realidade de mercado.

Além disso, essa organização de processos desencadeia uma melhor produtividade do time, pois os colaboradores concentram forças em tarefas realmente importantes e com definição de tempo. Dessa maneira, o fluxo de cadência ajuda os vendedores na otimização de tempo e na direção dos próximos passos com rapidez.

Certamente, todo esse trabalho estruturado aperfeiçoa os resultados de relacionamento e vendas, pois o fluxo de cadência em vendas tem base em vários dados em conjunto. São eles:

  • Definição das personas (clientes ideais);
  • Momento efetivo para fazer contato;
  • Melhores meios de comunicação;
  • Potenciais ferramentas para se relacionar com o lead ou cliente;
  • Definição do espaço de tempo para entrar em contato com o consumidor novamente;
  • Determinação de quantas vezes o vendedor deve entrar em contato, dentro de um determinado período.

Como estruturar o Fluxo de Cadência em Vendas?

Veja algumas dicas essenciais para estruturar o fluxo de cadência de modo adequado:

1 – Cliente ideal e decisores

Se a sua empresa pretende estruturar um fluxo de cadência em vendas deve entender quem são as personas da marca. Nesse sentido, há duas principais questões que os vendedores precisam saber “sem pestanejar”:

  • 1. Quem é o cliente ideal do negócio?
  • 2. Qual é o perfil de consumidor mais propenso a virar um lead qualificado?

Além do mais, é importante que os funcionários do setor comercial saibam quem são os decisores. Ou seja, dentro do processo de compra “quem dá a palavra final no fechamento do negócio?”. Sabendo disso, os vendedores conseguem identificar facilmente a abordagem que deve ser colocada em prática para garantir boas chances de conversão.

2 – Meios de comunicação

Depois de entender as personas, pesquise quais os melhores canais para falar com o potencial cliente ou decisor.

Confira alguns exemplos de meios de comunicação bastante utilizados para manter o relacionamento com o lead ou cliente: videochamada, WhatsApp, redes sociais, e-mail, telefone, entre outros.

3 – Coleta de informações

O próximo passo após a definição dos canais é a avaliação das informações repassadas em cada tipo de contato. Portanto, nessa parte estratégica do fluxo de cadência em vendas mantenha a atenção aos detalhes. Analise minuciosamente as informações repassadas pelo vendedor para o lead e vice-versa.

Veja também quais discursos de venda melhor performaram e, em seguida, adéque os discursos voltados à realidade dos potenciais consumidores.

4 – Follow up com fundamento

O follow up é outro fator estratégico e fundamental do fluxo de cadência. Afinal, cada tipo de lead precisa ser conduzido para uma certa rotina de follow up.

As instituições que sabem que é melhor realizar um processo comercial mais longo, devem fazer o follow up de contatos mais espaçado, pois as informações vão demorar um pouco mais para chegar no decisor. No entanto, aquelas abordagens feitas diretamente com o decisor demandam um follow up em menor espaço de tempo.

5 – Roteiros de apoio

Escrever scripts de venda é um passo que ajuda os vendedores na hora do contato com os clientes. Esses roteiros podem deixar o diálogo mais argumentativo e trazem segurança à equipe comercial.

Mas, vale o lembrete: a recomendação é escrever um roteiro não robótico. O script precisa simular uma conversa estratégica e rica em detalhes, por exemplo, contendo possíveis objeções.

Como organizar e potencializar o plano comercial?

Se a sua empresa pretende elaborar um fluxo de cadência em vendas e potencializá-lo, a fim de melhorar o relacionamento e a conversão de vendas, a sugestão é contar com um software especializado na área comercial.

Por meio do sistema CRM, a companhia consegue otimizar e monitorar os dados que posteriormente são inseridos no fluxo de cadência em vendas. Conheça todas as possibilidades do Viasoft Korp CRM e saiba como a plataforma pode acelerar suas estratégias comerciais.

Se preferir, teste gratuitamente o sistema Viasoft Korp CRM e descubra, na prática, como a ferramenta ajuda no dia a dia de gestores comerciais e vendedores.

Ficou com alguma dúvida? Então, envie seu recado nos comentários.