Saiba a diferença entre o CRM (Customer Relationship Management) e o marketing de relacionamento, e como ambas as técnicas funcionam dentro das empresas.

Diferença entre CRM e marketing de relacionamento

Esse tipo de marketing reúne várias técnicas de interação com os clientes, tais como: campanhas nas redes sociais, eventos, organização de feiras e até o posicionamento da marca (branding).

Já o CRM mantém o foco em se relacionar com o cliente e na captação de informações em todas as etapas do processo de venda. Isto é, desde o primeiro contato com o cliente até o pós-venda. O CRM é um sistema de gestão de bases de dados completo, que permite cruzar informações.

Software de CRM + Estratégia de marketing de relacionamento na gestão

O marketing de relacionamento é considerado uma estratégia de longo prazo, que visa compreender as necessidades dos consumidores. Sendo assim, foca em manter uma relação próxima com o cliente, que permita entender as vontades, objeções e expectativas. Portanto, a instituição pode utilizar como estratégia de relacionamento, por exemplo, o marketing multinível, que consiste em criar uma rede de revendedores. Esse é o caso das empresas Boticário e Natura.

No caso da Gestão de Relacionamento com o Cliente (CRM), a ferramenta permite agrupar os dados dos consumidores ao funil de vendas. Sendo assim, acompanhe e monitore a performance dos clientes durante todo o processo de compra.

Na prática

A seguir, confira duas formas de aplicar o CRM e o marketing de relacionamento em conjunto.

Inbound Marketing

O objetivo do Inbound Marketing é buscar e converter os leads por meio de conteúdos atrativos, a fim de atingir o público-alvo de forma adequada. Para isso, faz-se necessário usar meios de comunicação para divulgar a marca. Então, faça uso dos parâmetros armazenados pelo CRM. Ou seja, você personaliza os conteúdos e os distribui pelos meios mais adequados à audiência, conforme o conhecimento que a empresa já tem sobre os clientes.

E-mail marketing

É um canal de comunicação bastante utilizado para fidelizar os consumidores, tanto por meio de conteúdos relevantes, quanto para divulgação de promoções, pesquisas de satisfação, etc. Então, a marca pode construir um diálogo próximo, com o objetivo de sanar as dúvidas e solucionar problemas dos usuários.

Nesse modelo de abordagem, o relacionamento entre a marca e o comprador torna-se ainda mais qualificado. Os dados coletados nesse meio de comunicação sobre os clientes, podem ser transferidos ao sistema CRM com o intuito de integrar as informações ao funil de vendas. Realize análises robustas relacionadas aos leads e clientes.

Enfim, o CRM e o marketing de relacionamento andam juntos, a união de ambos possibilita melhores resultados com vendas mais ágeis, inteligentes e satisfatórias. Em paralelo a essas abordagens, procure sempre estudar o seu serviço ou produto, pensando no que pode melhorar e em quais diferenciais destacar ao mercado.

Ficou com alguma ou quer compartilhar sugestões? Então, envie-nos uma mensagem nos comentários ou em nossas redes sociais. 🙂