Quem não quer melhorar suas oportunidades de negócio e seus rendimentos? Os líderes corporativos estão em uma busca constante para manter as empresas ativas no mercado. Seja por meio da fidelização dos clientes, ou mesmo, com o fechamento de negócios mediante novos clientes, não é verdade?

Os sistemas ERP e CRM podem auxiliar na gestão empresarial e comercial em relação às oportunidades de negócio, por meio da automação de processos e levantamento de dados. Veja a diferença entre estes softwares em nosso artigo: CRM e ERP: Qual é a diferença?

Em ambos os sistemas, a instituição ganha facilidade no entendimento de dados e, consequentemente, melhora as análises de resultados. Entenda melhor esse assunto, a seguir:

Transformando dados em oportunidades de negócio

A Transformação Digital é uma tendência que auxilia as empresas nas atividades diárias de trabalho e no relacionamento com o novo perfil de consumidor. Sendo que, a implantação de sistemas, como o ERP e CRM, faz parte dessa Transformação Digital dentro da companhia. As plataformas levam aos gestores o uso inteligente dos dados, a fim de melhorar a efetividade das operações.

A inteligência analítica das informações auxilia os profissionais na tomada de decisão, fornecendo uma precisão para acertar os gargalos e realizar uma gestão segura.

Oportunidades de negócio com novas estratégias

Ao utilizar o ERP, o CRM, ou os dois ao mesmo tempo, o gestor fica responsável por explorar essa transição ao digital, de uma forma que ocorram modificações reais dentro da empresa com os funcionários e fora com os clientes.

Quando o assunto é ERP, conte com a unificação de processos entre os setores, padronizando atividades burocráticas. Dessa maneira, valoriza-se o capital humano, pois os profissionais poderão explorar seus conhecimentos em outras áreas, por exemplo, as mais estratégicas e de inovação.

No caso do CRM, muitas tarefas também são automatizadas, otimizando tempo e atividades. É possível ainda ter à disposição dashboards com o desempenho da equipe de vendas, compreender todos os pipelines de vendas ativos, entre várias outras funcionalidades.

Dados para análises assertivas

A partir dos dados coletados desses sistemas (CRM e ERP), a empresa pode unificar a base de informações, o que torna viável a análise dos dados de modo seguro. Ou seja, as decisões são pautadas em informações precisas sobre o mercado e mais compatíveis com o público-alvo. Por meio da inteligência analítica fica mais fácil adequar as soluções às necessidades do consumidor.

Enfim, a implantação do CRM ou do ERP, ou a efetivação dos sistemas em conjunto, permite que a instituição tome decisões maduras relacionadas ao negócio.

Ficou com alguma dúvida? Então, compartilhe com a gente! 🙂